Com o refrão “o povo não se engana, é Jorge Viana”, PT, PCdoB e PV lançam Jorge, Marcus e Nazareth para a disputa de outubro

Com o refrão “o povo não se engana, é Jorge Viana”, PT, PCdoB e PV lançam Jorge, Marcus e Nazareth para a disputa de outubro

Com uma militância eufórica formada por PT, PCdoB e PV, os nomes de Jorge Viana, ao governo, Marcus Alexandre, de vice, e Nazareth Araújo ao Senado foram confirmados como os candidatos da Federação Brasil da Esperança. O evento aconteceu na sede do Partido dos Trabalhadores, em Rio Branco.

O candidato ao governo do Acre, Jorge Viana, em seu discurso, criticou o governo de Gladson Cameli (PP), aliados e ex-aliados do governador. Ele pontuou que nenhuma casa foi construída nos últimos quatro anos.

"Os que estão nos governos, na prefeitura estão com os olhos fechados. Àqueles que ganharam o governo não fizeram uma única casa, não fizeram uma única rua nova, não asfaltaram um único ramal, não fizeram uma única escola em quatro anos, um único posto de saúde. Nós vamos ficar de braços cruzados diante disso? Nós vamos ficar indiferentes diante disso?”, questionou ao afirmar que todos esses problemas o ajudaram a repensar sua decisão.

Jorge Viana também lembrou a saída do PSB de uma possível composição para as eleições deste ano. Demonstrando decepção com César Messias e Jenilson Leite, mesmo sem citá-los diretamente, Jorge Viana disse: “Todas as dificuldades políticas colocadas, pessoas nos deram as costas, pessoas que se beneficiaram dos nossos governos, nos deram as costas para nós nessa hora difícil quando deveríamos estar unidos para ajudar o povo. Sabe qual foi a minha resposta? Nenhuma palavra contra e sempre chamando os companheiros: ‘vai lá, chama de novo, vamos juntar o maior número de pessoas'. A história haverá de registrar. Eu tinha uma candidatura colocada ao Senado. O mandato de senador é muito importante. É ali no Senado que o Acre fica do tamanho de São Paulo, é ali que ajudamos o presidente da República”, disse Jorge Viana.

O candidato a vice-governador, Marcus Alexandre, criticou duramente a gestão de Gladson Cameli. Disse que os projetos não saem dos outdoors e pedras fundamentais são lançadas, mas não há obras. Afirmou também que vai andar por cada canto do Acre que foi visitado em 2018.

WhatsApp_Image_2022-08-05_at_19.45.43.jpeg

“Receber o abraço e o carinho de vocês é a certeza que estamos no caminho certo. Não foi fácil chegar aqui hoje, vocês sabem disso. Quando eu vinha para cá, eu lembrei da campanha de 2018, uma campanha limpa. Para ganhar da gente diziam que tinha dinheiro, mas não tinha gestão. A pergunta que fazemos agora: o que está faltando então? O Jorge quando foi governador ensinou para a tirar projeto do papel. O pessoal que está aí não consegue tirar um projeto do outdoor. Estão lançando pedra fundamental todo dia. Em 2018, para ganhar da gente prometeram tudo. Vamos voltar em todos os cantos que fomos em 2018, com a esperança, com a vontade de trabalhar”, afirmou Marcus Alexandre.

A deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB/AC), que concorre à reeleição, disse que, junto com a militância, será os pés e os braços de Jorge Viana, de Marcus Alexandre e Nazareth Araújo para levar os nomes deles aos rincões mais distantes do Acre.

WhatsApp_Image_2022-08-05_at_20.05.10.jpeg

“Militância, nós vamos ser a voz o Jorge e do Marcus nos quatro cantos do Estado. Nós vamos ser os braços do Jorge Viana para abraçar cada eleitor do Acre e nós vamos ser as pernas do Jorge Viana e dizer: o Jorge, o Marcus e a Nazareth são os nossos candidatos”, disse Perpétua Almeida.

Nazareth Araújo ressaltou que a volta de Jorge Viana ao governo, ao lado de Marcus Alexandre, é a certeza que o Acre vai sair da miséria. “Levar o Acre a sair do estado de miséria em que ele se encontra agora. Quando o Jorge disse que seria o candidato a governador e me fez o convite para estar junto com ele, junto com o Marcus, que mexe com todos nós, que mexe com a Federação, que mexe com cada um dos grotões, eu disse eu aceito o desafio de representar”, frisou em seu discurso.

WhatsApp_Image_2022-08-05_at_20.05.09-2.jpeg

WhatsApp_Image_2022-08-05_at_20.05.09.jpeg